O que é LGPD? Como vai impactar o seu negócio?

O que é LGPD? Como vai impactar o seu negócio?

O que é LGPD? Como vai impactar o seu negócio? A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) – 13.709/2018, dispõe sobre o tratamento de dados pessoais. Inclusive nos meios digitais, por pessoa natural ou por pessoa jurídica de direito público ou privado, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade.

Primeiramente, a LGPD, foi sancionada em 2018, entrará em vigor em agosto de 2020 e visa um novo regime de proteção de dados pessoais e dados sensíveis do consumidor, um dos principais objetivos é garantir mais controle através da política do consentimento e de uma série de medidas para regulamentar todos os processos que tratam algum tipo de dado privado, como também oferecer um nível de proteção adequado aos titulares e desenvolver a cultura de privacidade no país. 

De acordo com Assespro-rs, os dados pessoais são: dados obtidos por meio digital ou papel, como nome, identidade, endereço, IP, geolocalização, cookies, e etc. Os dados sensíveis estão relacionados à origem racial ou étnica, convicções religiosas, opiniões políticas. Dados pessoais de menores de idade, dados de saúde ou vida sexual, dados genéticos, dados biométricos.

Todas as empresas terão que se adaptar e seguir as regras da LGPD, em caso de descumprimento as multas previstas de 2% do faturamento bruto limitada por R$ 50 milhões (por infração).  Portanto, é essencial compreender os principais tópicos que regem à lei e elaborar um processo de governança. E, por onde começar?

O que é LGPD? Como vai impactar o seu negócio?

– Foco na transparência

Antes de mais nada, é importante manter o titular sempre informado sobre a política de privacidade da sua empresa, explicar como os dados serão mantidos, para qual finalidade, quanto tempo a informação vai permanecer armazenada, e também como será o descarte. Outro assunto em pauta é disponibilizar acesso se o cliente precisar consultar os dados fornecido por ele.

 – Segurança dos dados e prevenção de problemas

Assim também, há bastante foco na segurança e na prevenção de problemas, com a adoção de medidas de proteção e de redução de vulnerabilidades. O propósito é evitar possíveis exposições que gerem danos aos titulares. E adotar um processo de governança para assegurar que os dados de terceiros serão devidamente tratados e armazenados.

 – Princípios do tratamento de dados pessoais 

Os 10 princípios de acordo com a lei n°13.709/2018 art. 6° (finalidade, adequação, necessidade, prevenção, não discriminação, responsabilidade, prestação de contas). Portanto, é de total responsabilidade da empresa garantir aos titulares clareza sobre a atualização dos dados, de acordo com a necessidade e para o cumprimento da finalidade de seu tratamento. E, também fazer uso de medidas técnicas e administrativas aptas a proteger os dados pessoais de acessos não autorizados e de situações acidentais ou ilícitas de destruição, perda, alteração, comunicação ou difusão. É de grande importância adotar medidas para prevenir a ocorrência de danos em virtude do tratamento de dados pessoais implementando um plano de boas práticas.

 – Requisitos para o tratamento de dados pessoais

Está descrito no art. 7° que o tratamento de dados pessoais somente poderá ser realizado mediante o fornecimento de consentimento pelo titular. O qual deverá ser fornecido por escrito ou por outro meio que demonstre a manifestação de vontade do titular.

 – Conscientização dos colaboradores e boas práticas

Antes de mais nada, para se adequar à lei LGPD é necessário também conscientizar os colaboradores da importância e da responsabilidade de lidar com os dados de terceiros. E também desenvolver estratégias para proteger as informações e minimizar os riscos de vazamento, uso indevido, descarte incorreto entre outros. Ressaltar a necessidade  de comprometimento de todos os colaboradores em relação à privacidade e proteção dos dados, especificando a responsabilidade de cada um. Estruturar bem os processos internos e elaborar um plano de boas práticas irá auxiliar a sua empresa se adequar de forma consolidada.

Desde já, o OnlyAsk é um software utilizado para aplicar pesquisa de satisfação NPS que pode ser enviada por e-mail, SMS, ou através do wi-fi  (saiba mais como aplicar pesquisa NPS utilizando a sua conexão wi-fi). A plataforma fornece dados dos clientes e acesso às avaliações em tempo real, facilitando o monitoramento e a tomada de decisão.

Confira a nossa política de privacidade!

Por fim, OnlyAsk está em processo de adequação à lei LGPD 13.709/2018,  e empenhada para manter a privacidade e garantir a proteção do titular, assumindo a total responsabilidade em garantir a confidencialidade, integridade e disponibilidade dos dados.

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Veja também

Descubra a percepção dos seus clientes utilizando pesquisa NPS

Descubra o que o cliente pensa, usando pesquisa NPS

O Net Promoter Score (NPS), tem como principal objetivo medir a percepção do cliente e o nível de satisfação por meio de uma simples pergunta: “Em uma escala de 0 a 10, qual a probabilidade de você recomendar a empresa para um familiar ou um amigo?”.

Ver post